Black Friday – 4 Dicas para vender mais

A Black Friday vem se tornando uma das datas mais importantes para o varejo do Brasil, junto com o Natal. Somente em 2020, as vendas online tiveram um aumento de quase 26%, onde foram vendidos mais de 4 bilhões de reais e dois dias apenas de campanha. Estima-se que a Black Friday 2021 será ainda mais lucrativa.

Essa campanha de venda surgiu nos Estados Unidos. Geralmente, ela é feita na última sexta-feira do mês de novembro, após o feriado de Ação de Graças, realizado em território americano. Nesse dia, lojas onlines e grandes varejistas oferecem descontos que podem chegar até 80%.

Este ano, a Black Friday está programada para o dia 26 de novembro e será uma excelente oportunidade para que o varejo recupere um pouco o prejuízo que teve com a pandemia causada pelo Covid-19.

Empreendedores virtuais e físicos vão poder conquistar novos clientes e vender mais.

Black Friday no Brasil

Além dos Estados Unidos, vários países aderiram à campanha de Black Friday ao longo dos anos. São eles: Paraguai, Portugal, Canadá, Reino Unido, Austrália e Brasil. A primeira edição no país, aconteceu em 2010, quando o site Busca Descontos reuniu diversos lojistas com o objetivo de fornecer várias promoções. A partir daí, cada vez mais o consumidor brasileiro se prepara para essa data para fazer ótimas compras.

Somente entre 2018 a 2010, os números da Black Friday no Brasil são impressionantes:

  • Mais de 4 bilhões de reais com vendas somente no ecommerce.
  • Somente em 2020, foram gerados mais de 6 milhões de pedidos.
  • Somente na quinta-feira (véspera), o mercado teve quase 1,20 milhões de pedidos, principalmente nos setores de cosméticos e perfumaria.
  • O site de reclamação Reclame Aqui já teve quase 6 mil reclamações, sendo que a maioria são empresa que maquiaram preço ou fizeram propaganda enganosa.

Conforme dados da plataforma oficial da Black Friday Brasil, os produtos mais adquiridos durante a campanha são:

1º. Smartphones

2º. Eletrodomésticos

3º. Televisores/ vídeo

4º. Informática/ Tablets

5º. Decoração/ móveis

6º. Vestuário/ moda

7º. Eletroportáteis

8º. Viagens

9º. Beleza

10º. Papelaria/ livros

 

4 Dicas para vender mais na Black Friday

1.     Crie uma pré-campanha

Antecipe algumas ofertas para reconhece o mercado e provocar uma espécie de “esquenta” aos seus clientes.

Além disso, é importante fazer uma análise prévia dos preços da concorrência. No caso de ecommerce, é importante avaliar prazo de entrega e valor de frente dos concorrentes também.

A pré-campanha deve ser uma ação próxima a Black Friday para que os clientes façam a associação dos dois eventos e você tenha o resultado esperado.

2.     Faça um reforço de estoque

Você precisa ser agressivo nos descontos de alguns produtos. Escolha aqueles que tenham pouca saída para você esgotar o estoque.

Além disso, ofereça descontos nos produtos com maior saída e faça um reforço de estoque. Não há nada mais frustrante para o consumidor do que não ter a oportunidade de comprar o que deseja, pois o produto está indisponível.

3.     Tenha cuidado com os prazos de entrega

Nas vendas virtuais, um ponto é muito importante para o consumidor – Prazo de Entrega. Portanto, ao inserir um prazo na sua plataforma, trabalhe com prazo real, para que o cliente não fique insatisfeito.

Faça um planejamento junto com seus fornecedores, transportadoras e Correios. Leve em consideração que boa parte das empresas no país farão também campanha de Black Friday.

4.     Crie uma estratégia de marketing digital

Para as lojas virtuais, é fundamental ter uma estratégia de marketing, com ações que começam entre 20 e 30 dias de antecedência.

É importante criar uma jornada completa para o cliente, estabelecendo um relacionamento próximo. Também invista em anúncios específicos da campanha, principalmente nas redes sociais.

Por falar nelas, as mídias sociais são essenciais para ter sucesso na Black Friday. De acordo com dados da PwC Brasil, quase 80% dos consumidores são influenciados pelas redes sociais. Por isso, é importante divulgar conteúdo até data, focando no engajamento.

Além disso, é importante treinar todos seus funcionários para eles oferecerem a melhor experiência aos usuários. Um atendimento ruim em qualquer setor pode comprometer toda compra. Quer saber mais como softwares podem otimizar seu atendimento na Black Friday? Fale com nossos consultores.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIGA NAS REDES SOCIAIS

MAIS POPULARES

mais do blog

artigos relacionados

Fale agora com nossa equipe!

Preencha seus dados para registarmos o contato: